General Motors e Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul-SP fazem acordo parcial em audiência

8 out, 2021

 

A General Motors do Brasil e o Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul estiveram presentes, nesta sexta-feira (8), em audiência de conciliação e instrução do Dissídio Coletivo de Greve promovida pelo TRT da 2ª Região. O julgamento ficou marcado para a próxima quarta-feira (13), às 15h.

O encontro resultou em acordo parcial, na qual as partes concordaram com um reajuste de 10,42% a partir de 1/9/2021 sobre os salários praticados na data imediatamente anterior. O mesmo índice será aplicado aos valores de vale-transporte e refeição e para o piso salarial. Como tem efeito retroativo, as diferenças geradas pelo reajuste serão pagas até o dia 18/10.

As partes pactuaram também pela manutenção das cláusulas do acordo coletivo anterior que não estão sob disputa e pela antecipação do pagamento de metade do 13º salário de 2022 para fevereiro do próximo ano. A GM concordou ainda com o retorno de um modelo de progressão salarial de semestral.

O sindicato e a organização seguem discordando sobre uma cláusula de desconto de contribuição sindical na folha de pagamento. A montadora defende a autorização expressa e prévia de todos os empregados, mas a entidade sindical entende que o desconto já é possível com a aprovação em assembleia. O valor do vale-alimentação e a aplicação de garantias a empregados acometidos por doenças com relação indireta com a atividade laboral também foram objetos de discordância.

Os trabalhadores se reunirão em assembleias na próxima quarta-feira (13), às 6 e às 15h, para deliberar sobre o retorno ao trabalho. A empresa se comprometeu a não descontar dias parados dos salários, nem exigir reposição das horas.

(Processo nº 1004027-95.2021.5.02.0000)

Entre em Contato

Envie uma mensagem ou telefone, estaremos à disposição para tirar as suas dúvidas.

(11) 3258-9279 / 3258-0503

Av. Ipiranga, nº 344, 10º andar, conj. 101-E República, São Paulo-SP | CEP: 01046-010

Share This