Membros da Academia Campinense de Letras visitam presidente do TRT-15

4 jul, 2024

Membros da Academia Campinense de Letras visitam presidente do TRT-15

Membros da Academia Campinense de Letras visitam presidente do TRT-15

nelipimenta

Qui, 04/07/2024 – 17:21

Membros da Academia Campinense de Letras visitam presidente do TRT-15
Conteúdo da Notícia

Na tarde de quinta-feira, 4/7, o presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, desembargador Samuel Hugo Lima, recebeu, em seu gabinete, o presidente e a vice-presidente da Academia Campinense de Letras – ACL, Jorge Alves da Silva e Ana Maria Melo Negrão. Também estiveram presentes a desembargadora do TRT-15 Tereza Aparecida Asta Gemignani e os advogados Adelmo Emerenciano, Agustinho Tavolaro e Carlos Cruz, todos acadêmicos da ACL.

#ParaTodosVerem: presidente desembargador Samuel Hugo Lima com o presidente e a vice-presidente da Academia Campinense de Letras – ACL. e outros acadêmicos da  instituição.

#ParaTodosVerem: foto do presidente desembargador Samuel Hugo Lima recebendo do presidente da Academia Campinense de Letras – ACL, um exemplar da Revista Phoenix.

Durante a visita, o presidente Samuel Lima foi presenteado com um exemplar da Revista Phoenix, publicada pela Academia em maio deste ano. Representando o renascimento da ACL após a pandemia, em analogia ao mito da ave fênix, a revista traz um compilado de artigos redigidos por membros da ACL e escritores convidados. Um dos artigos é assinado pela desembargadora Tereza Asta. Essa é a primeira edição da Revista Phoenix, que deverá ser publicada periodicamente a partir do próximo ano.

#ParaTodosVerem: foto do presidente desembargador Samuel Hugo Lima em reunião com o presidente e a vice-presidente da Academia Campinense de Letras – ACL. e outros acadêmicos da  instituição.

Idealizada pela desembargadora Tereza Asta, acadêmica titular da cadeira 33 da ACL, a visita teve por finalidade o estreitamento dos laços entre o Tribunal e a Academia, importante instituição literária da região de Campinas. Fundada em 1956, a Academia Campinense de Letras objetiva a cultura da língua portuguesa, o apreço à literatura nacional e a defesa do patrimônio cultural da nação. A instituição é composta por 40 cadeiras de acadêmicos vitalícios, reunindo intelectuais e literatos da terra campinense.

Unidade Responsável:
Comunicação Social

Qui, 04/07/2024 – 17:21

Crédito da Notícia: Tribunal Regional do Trabalho 15ª Região

Share This