Pesquisas do CSJT com usuários da Justiça do Trabalho e do CNJ para avaliação de varas especializadas podem ser respondidas

20 mar, 2020

Duas pesquisas independentes estão abertas para serem respondidas. Uma, a Pesquisa de Satisfação 2020 do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e dos tribunais regionais do trabalho (TRTs). Outra, a pesquisa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com apoio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), para avaliar as vantagens e desvantagens das varas especializadas por competência e da unificação dos cartórios judiciais nos fóruns brasileiros. Vale ressaltar que nenhuma delas se confunde com a pesquisa de satisfação realizada pelo TRT da 2ª Região em 2019.

A pesquisa do CSJT e dos TRTs é aberta tanto para o público interno quanto para o externo. A iniciativa está alinhada ao disposto no Ofício Circular CSJT.GP.SG nº 3/2020 e tem o objetivo de conhecer melhor o público e os níveis de satisfação com os serviços prestados. Também pretende coletar elementos para a elaboração dos Planos Estratégicos 2021/2026 dos respectivos órgãos.

O questionário é on-line e anônimo, e está disponível para acesso dos interessados até 27 de março. Advogados, membros do Ministério Público, integrantes de associações de classe e da sociedade civil, entre outros, são convidados a participar.

Há questões sobre as instalações do tribunal a ser avaliado, o atendimento, os canais de comunicação disponíveis, a funcionalidade do PJe (Processo Judicial Eletrônico), a conciliação, o tempo de tramitação processual, entre outras. Há, ainda, perguntas de caráter mais amplo – também de múltipla escolha – envolvendo toda a Justiça do Trabalho.

Para ter acesso ao questionário, clique aqui.

Pesquisa do CNJ

A pesquisa do CNJ pretende ouvir, até 6 de abril, os profissionais que tenham atuado, nos últimos cinco anos, nas varas especializadas por competência e nos cartórios judiciais nos fóruns brasileiros. As varas especializadas são unidades que tratam de matérias específicas do direito e que permitem o aprofundamento de um tema específico.

O questionário também trata da unificação de cartórios ou de secretarias de varas ou juizados especiais, especializados ou não, de primeiro grau de jurisdição, que passaram a funcionar de forma integrada atendendo a mais de um gabinete de magistrado.

Para advogados, a pesquisa pode ser acessada aqui.

Para magistrados e servidores, pode ser acessada aqui.

Entre em Contato

Envie uma mensagem ou telefone, estaremos à disposição para tirar as suas dúvidas.

(11) 3258-9279 / 3258-0503

Av. Ipiranga, nº 344, 10º andar, conj. 101-E República, São Paulo-SP | CEP: 01046-010

Podemos lhe ajudar? whatsapp
Share This
Pular para a barra de ferramentas