TRT-2 aprova proposta da Portuguesa para o pagamento de débitos trabalhistas em ação unificada

13 jan, 2021

O Tribunal Regional do Trabalho da 2º Região aprovou plano de liquidação de execuções do clube Portuguesa de Desportos, suspendendo as penhoras nas quais a entidade está envolvida. De acordo com o plano, a equipe deve pagar mensalmente, aos credores, 30% de seu faturamento, sendo R$ 250 mil o valor mínimo a ser recolhido.

A solução foi possível com a reunião de todos os processos em fase de execução contra a Portuguesa. A iniciativa foi da Corregedoria do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, baseado no  Provimento GP/CR nº 02/2019, que criou o Núcleo de Saneamento dos Processos Arquivados Definitivamente com Contas Judiciais Ativas – NSPA.

De acordo com a decisão do desembargador e corregedor regional do TRT-2, Sergio Pinto Martins, fica mantida a penhora do Estádio do Canindé como forma de garantia das dívidas trabalhistas referentes aos processos que estão reunidos. As penhoras sobre os demais ativos do clube foram liberadas.

Com a aprovação, espera-se que o clube, que acaba de conquistar a ascensão à série D do Campeonato Brasileiro, consiga reequilibrar suas atividades com sustentabilidade e preservar sua estrutura.

(Processo nº 1005946-56.2020.5.02.0000)

 

Entre em Contato

Envie uma mensagem ou telefone, estaremos à disposição para tirar as suas dúvidas.

(11) 3258-9279 / 3258-0503

Av. Ipiranga, nº 344, 10º andar, conj. 101-E República, São Paulo-SP | CEP: 01046-010

Share This
Pular para a barra de ferramentas